Textos

U P G R A D E
U P G R A D E

Café e pão contigo, sim
Hoje estão estranhos
Coisas insólitas acontecem
Coisas tristes entristecem
Conseguirás a coragem
De exaurir, despedir-se
Da pessoa que tu és
Tornar-te a persona
Que desconheces ser???
Poderás ser outra, nova
Muuuulher que nunca foste
Surpresa para ti mesma???
Estás assim tão zoeira
No lençol da afetação
Suave mente drogada
Buscando sentido no chão
Criatura sem abrigo
Chegada à afetação
Terás força de vir comigo
Sair dessa sua aflição
Os gritos e sussurros
Bergman em seu coração
Derrubarás os muros
Para uma nova sedução???
Terás de vencer o deserto
Até o Oasis da salvação
Pés descalços, areia ardente
És tão frágil ser demente
Desejas que o sol se ponha
Resistirás ao frio consequente
A noite no deserto é hostil
Conseguirás tecer o abrigo
Proteger-se no entremundos
Construir-se na desconstrução
Ouija seguirás simples mente
Muuuulher submissa à sedução
Serás uma obra de arte
De desejo e aspiração???
Ou ficarás como um capacho
Ao aguardo do sol nascer
Terás te transformado em gelo
Ou te verás travez nascer!!!
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 29/07/2020
Alterado em 29/07/2020


Comentários