Textos

Apocalipse Via NWO (“Vicarius Filli Dei”)
(999, 666: igual a mosca
Presa vc vive nessa teia)

A cidade queima. As chamas
Voláteis passeiam pelas ruas

A cidade dos gêmeos da Loba
Treme sob a dominação dos

Dois purpurados. Os gêneros
Queimados no fogo da nova

Inquisição. Ninrode e a Diana
Dos Efésios infinita ambição

Na reconstrução da Zigurate
Desejo de vingar-se da água

Santa do Dilúvio. Ambição
De ser maior que a vontade

Do Criador. Seu filho nasce
Em 25 de dezembro tremula

Nos braços laxos de Semiramis
Cantada na ópera de Rossini

(999, 666: igual a mosca
Presa vc vive nessa teia)

O deus sol pagão com
Fraterniza com sua mãe

Tamuz Osíris companheiro
De Ishtar e Ashtaroth 29°

Espírito, anjo medonho a
Cavalgar a besta paga pagã

Inanna rainha das "elites" há
Muito antigamente amante

De deuses cruciformes:
Enkidu, Adad, Apkallu

Babí, berço de todas as
Meretrizes de longínqua

Antiguidade. Mãe das
Mais remotifloras e

(999, 666: igual a mosca
Presa vc vive nessa teia)

Andinas expedições
Submersas na fome

Insaciável do poder
Pelo poder. Muito

Anterior ao advento
De Tio Freud e já há

Muito sabiam que o
Desejo é um ensejo

Sem começo meio e
Fim. Osíris Hórus e

Ísis disseminam pelos
Pontos cardeais seus

Sacerdotes do século
XXI na cidade das

Sete colinas zelotes
De sua descendência

(999, 666: igual a mosca
Presa vc vive nessa teia)

Ébrios de insaciabilidade
Seus descendentes muitos

Multiplicaram-se como se
Fossem grãos de areia

Através dos desertos das
Culturas pagantes antes

Muito antes de Khristós
Anjos de luz abriram os

Caminhos dos adeptos
De ícones das virgens

Ditas marias. A draga
Do dragão sumeriano

Mater bastarda do bar
Bastardo deus Olimpo

(999, 666: como uma mosca
Presa vc vive nessa teia)

Zeus. Sua gema de colo
Colhe as frutas do altar

Solar dos tempos idos
Do neolítico. O deus

Solar símbolo da cidade
Das sete colinas venera a

Marca circular com que
Há de marcar as mãos e

A testa da descendência
Da Besta. Erguida das

Mãos do Sumo Pontífice de
Todas as Igrejas. O símbolo

Circular ascende à fogueira
De RA dos rituais mais e

Mais antigos. A fome da
Mãe de todas as mães de

(999, 666: como uma mosca
Presa vc vive nessa teia)

Nome marias. O laboratório
Da babilônia dissemina a

Cólera globalizada contra
Toda noção de moral. A

Espiritual idade e a
Sabedoria temporal

Valem menos que um
Programa Big-Brother

A humana idade
Horizontalizada

Em direção fixada
Ao buraco negro

Ecumênico e econômico
Lúgubre, medonho

Tenebroso e aziago. O
Buraco negro do número

(999, 666: igual mosca
Presa vc vive nessa teia)

Onze reina em todos os
Reinos a ânsia pela fama

Pela posse do símbolo
Nos tribunais do poder

Pelo poder. As Cortes
Púrpuras das sete colinas

A simbolizar a globalização
Do ânus na Nova Ordem

Mundial Illuminati, o n° 11
Pontifica nas sete colinas da

City.com dos césares. No
Outro lado da moeda pagã

O touro de Wall Street
Auriflama como os reis

De França Europa Bahia
Reis de si mesmos. Leia

(999, 666: igual mosca
Presa vc vive nessa teia)
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 01/03/2014
Alterado em 11/03/2014


Comentários