Textos

Sedução
Todos sabem
Pq a mulher
Escova dentes
Ela sabe pq
Pratica a
Bochecha
Por vezes
Qdo. vai ai
À feira põe
Teus chifres
Na cesta e
Depois em
Tua testa as
Marcas do
Larbirinto de
Creta. Ela se
Calça. Ela se
Veste com
Bermuda
Camisinha
De alça e
Calça de
Confetes
Depois faz
Um boquete
No sorvete
Dessa forma
Refresca a
Zona sul com
Seu charme
Todo “blue”
Passa sol e
Inventa na
Pia a ventania
Da maresia
Vinda do mar
Balança o rabo
De cavalo para
Ambos os lados
No andar. Agita
Com força, ôba!
O samba Dá Bá
Dá Ba Du. Outra
Vez o rabo de cá
Cavalo chama a
Chama de outro
“Blue”. No quarto
Ginga enamorada
A calcinha irada
Em disputa ahh
Animal. E de vez
Se descontrola
Retrógada vira
O Jogo conjugal
Quando a coisa
Não rola ainda
Assim tem 4ª
Feira sem as mil
Cinzas na carne
Do carnaval na
Zona sul. Nada!
Nada de emoção
Cinza na quarta
Feira de manhã
Lê um livro do
Paulo Coelho
Falando desse
Desejo e da maçã
Mordida que não
Era fruta nem
Literatura, tinha
Sabor de Placebo

Vingou-se ela ao
Pintar os lábios
Dessas dores no

Baixo ventre e
Em desagravo
Proclamou a 3ª

Guerra Mundial
Afinal ela não
Queria mais do

Que um beijo
Rapace, astuto
Na boca no pé

No pescoço na
Face. Pq afinal
O ódio a raiva

A ira invisível
Sugere apareça
E sempre para

Ti se aqueça no
Mundo real.
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 18/02/2012
Alterado em 19/02/2012


Comentários